"Assim como o amor e a música, o xadrez tem o poder de tornar os homens felizes." (Tarrash)

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

L´image est tout.

Marcel Duchamp jogando xadrez...

3 comentários:

- JuH - disse...

Tomara que ela ganhe, hahaha. o//
Eu torço pras mulheres, de princípio.

É bom saber que encontrou o que queria. :D
(Estou me referindo ao seu comentário no meu texto.)

Abraço.

Leonardo Vivaldo disse...

Seria muito machista de minha parte sugerir que as partidas entre os sexos (distinção apenas física e não esportiva!) fossem disputadas dessa maneira?!

Brincadeirinha, não esquente os pacovás! (rs)

Bons fluidos aí no planalto!

Tô sempre passando por aqui! Não suma! (em todos os sentidos!).

Bjs!

Vivaldinho, O Infante

PC disse...

Cara Taís,

Marcel Duchamp era um gênio da arte e enxadrista muito forte! No fim venceu o xadrez, pois ele se aposentou da pintura para dedicar seus últimos dias como enxadrista. A fotografia do autor jogando xadrez com uma bela mulher nua é altamente sugestivo: o xadrez é um jogo de concentração e atenção, mas também é um jogo de imaginação! Vamos imaginar o seguinte:
Imagine você naquelas condições (nua) diante de um rapaz saudável e do mesmo nível enxadrístrico que você. Quem estrategicamente estaria em devantagem? O bom senso diria que o rapaz estaria em sérios apuros!

Cavaleiro de Caíssa